Translate

SDC

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Fun, Fun....Party, Party!!

Natal e Réveillon para nós são sinónimos de família e quase sempre passado em casa na companhia da família e de amigos chegados, no entanto ficamos sempre com aquela pontinha de "inveja" por não podermos aproveitar a noite da passagem de ano para festejar num ambiente sensual e cheio de glamour. Dado que este ano o Réveillon estendeu-se pelo fim-de-semana, aproveitamos o convite de um casal amigo para ir até Sintra festejar o aniversário dele e festejar também o Réveillon Swinger num clube que ainda não conhecíamos e sobre o qual tínhamos alguma curiosidade.

Para variar não saímos às horas que queríamos, há-de chegar o dia :) , mas desta vez o atraso valeu bem a pena, sim porque o conjunto escolhido pela menina foi de tirar o fôlego e com o toque extra na maquilhagem ficou ainda mais apetitosa, um misto de sensual, elegante e provocadora. Felizmente o GPS sabia o caminho e deixou-nos mesmo em frente a um portão de uma quinta com vista para o Castelo dos Mouros e para o Palácio da Pena.
Entramos no clube e para surpresa nossa demos de caras com um casal amigo, não há forma melhor de entrar num clube novo do que sermos recebidos por duas caras bem nossas conhecidas, um luxo de porteiros improvisados no momento, bem dispostos, sorridentes e muito sexys, o que nos fez sentir de imediato em casa. Estávamos a terminar as formalidades da praxe quando chegaram os nossos anfitriões bem animados com um grupo de amigos...mal sabíamos nós o grau de loucura e boa disposição que nos esperava. 

Pela primeira vez jantamos num clube, um conceito diferente mas que nos agradou pelo convívio e pelo facto dos nossos anfitriões nos terem integrado de uma forma muito calorosa e animada. Rapidamente sentimo-nos rodeados de amigos e rapidamente estávamos perfeitamente "enturmados", tanto que passamos do jantar para a zona do bar, com a mesma diversão e o mesmo à vontade, sim porque apresentaram-nos "meio clube" e ficamos a conhecer a outra metade que ainda não conhecíamos :)
Entretanto os aniversariantes decidiram que estava na hora de iniciar as hostilidades e fomos abrir a pista de dança, sim literalmente abrir a pista de dança, muito por culpa da diabinha de serviço e também aniversariante que literalmente se despiu de vergonhas, tirou o vestido e despiu todas as meninas do grupo bem agarradas ao varão central da pista....não contente ainda se divertiu, com as restantes meninas, a despirem as camisas do meninos e em alguns casos as calças também, afinal festa é festa!! :)

Literalmente "levanta o vestido!" ;)

Nesta altura a "agarração" já ia bem alta, música sensual, corpos misturados, beijos, toques, muito calor e muita diversão criaram um ambiente único e nós estávamos bem no olhos do furacão, muito por culpa dos aniversariantes, do grupo fantástico e do ambiente criado ali. De repente e sem sequer falarmos um com o outro já estávamos envolvidos a 4, meninas frente a frente e nós por trás em plena pista...para não variar há momentos que não se explicam, vivem-se apenas. Procuramos um local mais calmo e acabamos os 4 numa das camas na zona do labirinto, sem porta e bem à vista de quem passava, mas naquela altura isso pouco importou, o desejo e a vontade falaram mais forte e terminamos literalmente a escorrer suor por todos os poros...uma autêntica sauna! :)  Fomos os 4 até ao bar, estávamos a precisar de repor líquidos e baixar a temperatura, depois de tanto calor na pista e no quarto, soube muito bem um água fresquinha e ficarmos ali a conviver! :)

Fomos dar mais um giro e procurar um casal que também estava no clube e que já tínhamos apresentado ao resto do grupo, mas achamos por bem não os arrastar muito para a confusão, afinal ainda estavam no início e nestas coisas não gostamos de forçar ninguém. Encontramo-los na zona escura do labirinto, perto de onde já tínhamos estado e estivemos um bocadinho com eles, mas era impossível aguentar o calor, os quartos estavam apinhados e o corredor também e fugimos para a pista à procura de um local mais fresco. Na cama junto à pista estavam os aniversariantes e alguns dos casais com que tínhamos estado no jantar e na pista e sentamo-nos para descansar e apanhar um bocado de ar...estava a saber bem o fresquinho até alguém começar a correr as cortinas e a "agarração" voltar, os beijos e as caricias a aumentarem de tom e sem esperarmos voltou a ficar calor, muito calor...novamente muitos corpos colados, beijos, caricias e muito sexo intenso, calmo, trocas, gemidos, orgasmos e muita cumplicidade, até não aguentarmos mais e sim cairmos exaustos. Começamos 8 casais naquela cama e acabamos 2...uma "quase orgia", a nossa primeira e mais uma vez sem planos, sem expectativas, sem esperarmos acabámos por saímos do clube já tarde, bem acompanhados, a sorrir e com amigos novos.


Foi sem dúvida uma noite muito diferente, divertida sim, com muito sexo sim, com reencontros, com aprendizagens à mistura e com a certeza de que nos podemos divertir em vários registos e na companhia de pessoas pessoas diferentes. Bem depois de tanta adrenalina o caminho até casa foi feito de olhos bem abertos e ainda tivemos tempo para mais uma pequena loucura que andávamos a adiar faz tempo....sim adoramos fotografar no exterior e que melhor maneira de começar o ano com umas fotos bem quentes junto ao rio?!?! ;)



Beijinhos e abraços

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Ano novo vida nova...

Com a chegada do final do ano e subsequente inicio de um novo ciclo damos por nós a fazer balanços pessoais, analisar os 12 meses que se passaram e a fazer resoluções e planos para os próximos 365,242199 dias. Falamos e por vezes pensamos como se um capítulo de nós terminasse e um novo se iniciasse sem os erros, as desilusões, as alegrias, as vitórias e os fracassos do anterior...um novo livro de páginas brancas, sem rasuras, sem páginas arrancadas sem cor, branco, vazio e onde projetamos as ideias, os sonhos e as nossas resoluções de ano novo.

No swing não é diferente, este ano foi um ano de descoberta, de aventuras, mas também de maior maturidade e segurança. Conhecemos pessoas fantásticas, fizemos amigos, alguns muito para além deste meio e apesar de mantermos a nossa forma de estar, percebemos muitas das formas diferentes de encarar o swing, as relações abertas e este estilo de vida mais liberal. Acima de tudo percebemos que cada casal é único, únicos porque não resultam da soma de duas pessoas e da mesma vontade, mas únicos porque cada um tem a sua visão individual, os seus desejos, as suas fantasias, a sua história e sensibilidade pessoal...na prática sentimo-nos atraídos por casais, mas acabamos por nos ligar a pessoas e nunca à imagem do "casal". Sim são as pessoas que nos conquistam, seja com um bom dia, com um beijo, com uma gargalhada, um sorriso, pelo sentido de humor, pela inteligência, pelo ar de "cabrão" ou de "cabra", há sempre algo que nos seduz, que nos faz passar da atração e ter vontade de beijar, de tocar, de foder ou de ser fodido por aquela pessoa...sempre as pessoas!!


Nestes últimos meses andámos à procura do nosso lugar neste meio, a tentar perceber onde é que nos encaixávamos, qual era o nosso "registo" e percebemos que não há um...possivelmente que não somos o casal típico, nunca nos escondemos atrás de personagens fictícias, de segundos nomes, de contos de fadas, mantemos a nossa privacidade sim, mas quem nos conhece conhece-nos como somos, conhece o mau-feitio, a insistência, a preocupação e diversão e alegria de viver, acima de tudo conhece as pessoas normais atrás dos nicks e das fotos provocantes. Quem nos conhece bem sabe que não estamos aqui só pelo sexo, estamos aqui por nós, porque nos sentimos preparados e com vontade de aqui estar, seja para desfrutar de sexo louco e selvagem ou de uma noite de envolvimento com amigos, mas sempre com pessoas que nos despertam, os sentidos, os sentimentos, que nos fazem ver o mundo de uma forma melhor e que no final da noite nos deixam um pedaço de si e levam-nos no sorriso e quem sabe também no coração.

A todos um bom ano, cheio de momentos bons e de páginas escritas, rabiscadas, rasuradas, rasgadas, mas com todas as páginas...as antigas e as novas, até porque a vida é isso mesmo uma misturada de momentos, sentimentos e experiências que merecem ser vividas. Para nós o ano começa precisamente onde terminou, assinalamos a ocasião com uma festa muito divertida, (depois contamos), mas a história continua sem que façamos ideia onde nos vai levar. Para sabermos resta-nos viver os próximos 12 meses com a mesma paixão, loucura, cumplicidade e amor...para variar, não sabemos para onde vamos, mas sabemos que vamos juntos e na mesma direção!

Agradar a Todos e a Ninguém

Aqueles que procuram agradar andam muito enganados. Para agradar, tornam-se maleáveis e dúcteis, apressam-se a corresponder a todos os desejos. E acabam por trair em todas as coisas, para serem como os desejam. Que hei-de eu fazer dessas alforrecas que não têm ossos nem forma? Vomito-os e restituo-os às suas nebulosas: vinde ver-me quando estiverdes construídos.
As próprias mulheres se cansam quando alguém, para lhes demonstrar amor, aceita fazer-se eco e espelho, porque ninguém tem necessidade da sua própria imagem. Mas eu tenho necessidade de ti. Estás construído como fortaleza e eu bem sinto o teu núcleo. Senta-te ali, porque tu existes.
A mulher desposa e torna-se serva daquele que é de um império.

Antoine de Saint-Exupéry, in 'Cidadela'


Beijinhos e abraços